1 de set de 2008

ENEM BATE RECORDE DE PARTICIPANTES E COBRA TEMAS ATUAIS

O Exame Nacional do Ensino Médio-ENEM foi realizado neste domingo, em todo o país, e contou com um número recorde de incritos, mais de 4 milhões de estudantes. Os candidatos tiveram de responder a 63 questões objetivas e 1 discursiva (redação), elaboradas pelo MEC/INEP.
A Redação teve como tema o meio-ambiente, com foco nas conseqüências do desmatamento no nível de chuva das regiões devastadas. O aluno deveria considerar apenas uma de três possibilidades sugeridas abaixo, para elaborar uma DISSERTAÇÃO-ARGUMENTATIVA EM PROSA, devendo-se levar em consideração a continuidade da Floresta Amazônica:

1 - suspender completa e imediatamente o desmatamento na Amazônia, que permaneceria proibido até que fossem identificadas áreas onde se poderia explorar, de maneira sustentável, madeira de florestas nativas;

2 - efetuar pagamentos a proprietários de terras para que deixem de desmatar a floresta, utilizando-se recursos financeiros internacionais;

3 - aumentar a fiscalização e aplicar pesadas multas àqueles que promoverem desmatamentos não-autorizados.

Essa proposta mede a capacidade crítica do aluno antes mesmo que ele comece a redigir.
Veja bem, a solução mais viável seria a n.º 3, uma vez que não se poderia radicalizar, suspendendo todo e qualquer desmatamento (proposição n.º 1), já que várias populações ali existentes dependem desse ecossistema para sobreviver, como, por exemplo, os índios; também não se poderia considerar a proposição n.º 2 como racional, tanto do ponto vista financeiro quanto ético, pois efetuar pagamentos a proprietários, além de implicar gastos desnecessários, inclusive envolvendo fundos internacionais, significaria subornar os proprietários de terra, prática que deve ser repudiada. Ou seja, escolher a terceira sugestão seria, nesse caso, mais inteligente, porque é preciso definir quais desmatamentos devem ocorrer e não proibi-los indiscriminadamente, prejudicando a muita gente.
Outro assunto que tem sido tratado com muita discussão, a "Lei Seca", serviu de base para a questão n.º 48 da Prova 2 (Azul), que trazia um gráfico com as principais causas de morte no país para o sexo masculino, destacando-se aquelas provocadas pelos acidentes de trânsito, ficando implícita a relação com o teor de álcool etílico concentrado no sangue dos motoristas.
O Enem deste ano pode ser considerado bem avaliado, tendo em vista que buscou extrair do aluno as questões cotidianas, as quais nos interessam diretamente, porque envolvem o nosso dia-a-dia. Por outro, foi uma prova cansativa, na medida em que os candidatos tiveram que ler muitos textos antes de resolver toda a prova.
Cerca de 500 universidades brasileiras consideram os resultados obtidos no exame para o ingresso ao ensino superior, por isso é uma grande oportunidade para muitos dos que realizaram a prova.

Nenhum comentário: