6 de fev de 2009

Mourão voltado(Cassildo Souza)

Pra que serve a humanidade?
Pra viver no coletivo
Para que serve o vivo?
Pra entender a verdade
Pra que serve a unidade?
Pra existir comunhão
Pra que serve a solidão?
Pra ficar tudo isolado
Isso é que é mourão voltado
Isso é que é volta-mourão

Pra que serve o honesto?
Pra viver bem sossegado
Pra que serve o enrolado?
Pra viver comendo o resto
Pra que serve o modesto?
Pra não causar confusão
Pra que serve a ilusão?
Para viver enganado
Isso é que é mourão voltado
Isso é que é volta-mourão

Pra que serve o correto?
Para o errado conter
Pra que serve o entender?
Para poder viver reto
Pra que serve o exceto?
Pra marcar a exceção
Pra quem serve a intercessão?
Pra quem é necessitado
Isso é que é mourão voltado
Isso é que é volta-mourão

Para que serve o perto?
Para se chegar ao longe
Para que serve o monge?
Pra fazer o que é certo
Pra que serve o esperto?
Pra vencer qualquer questão
Pra que serve o coração?
Para o não-concretizado
Isso é que é mourão voltado
Isso é que é volta-mourão.

Para que serve a luz?
Pra trazer felicidade
Pra que serve a humildade?
Para quebrar os tabus
Pra que serve o ano-luz?
Pra medir a imensidão
Pra que serve a vastidão?
Pra se opor ao limitado
Isso é que é mourão voltado
Isso é que é volta-mourão.

Pra que serve a poesia?
Pra compreender o mundo
Pra que serve o profundo?
Pra transformar noite e dia
Pra que serve a alegria?
Para servir ao povão
Pra que serve a gratidão?
Pra dizer muito obrigado
Isso é que é mourão voltado
Isso é que é volta-mourão.

Um comentário:

Darticlea disse...

Ameii ...