11 de mar de 2009

CUIDE-SE BEM (GUILHERME ARANTES)

Cuide-se bem,
Perigos há por toda a parte
E é bem delicado viver
De uma forma ou de outra,
É uma arte, como tudo.

Cuide-se bem,
Tem mil surpresas à espreita
Em cada esquina mal iluminada
Em cada rua estreita,
Em cada rua estreita do mundo.

Pra nunca perder esse riso largo
E essa simpatia estampada no rosto
Pra nunca perder esse riso largo
E essa simpatia estampada no rosto.

Cuide-se bem,
Eu quero te ver com saúde
E sempre de bom humor
E de boa vontade,
E de vontade com tudo.

Nenhum comentário: