PRESENTATION IMAGE

6 de mai de 2009

OBJETIVIDADE E SUBJETIVIDADE

Nas minhas aulas da Central de Cursos, percebi que esse tema deve ser mais difundido. São aspectos muito abstratos. O fato é que quando se tem um OBJETO, todos podem observá-lo. Os textos que tratam questões mais concretas tendem a ser mais objetivos, porque aquilo que se constitui como concreto é observável por todos. Vejamos um exemplo:

Barack Obama assumiu o cargo de Presidente dos EUA em 20 de janeiro, substituindo George W. Bush.

O trecho acima é OBJETIVO porque não depende da opinião de ninguém. É uma constatação, algo comprovável, observável. Portanto, as impressões do SUJEITO são deixadas de lado.
Agora, vejamos o seguinte fragmento:

Barack Obama não será um bom Presidente. Todos os americamos são iguais. Eu não me engano, não.

Percebemos claramente que as impressões do SUJEITO, as opiniões pessoais são enfatizadas, sem argumentos que façam todos enxergarem da mesma forma. É totalmente SUBJETIVO, nem todos pensam assim.
Então, a diferença entre os dois tipos de abordagens, as quais se estendem aos textos, está justamente aí. Na objetividade, predomina o que é observado; na subjetividade, as impressões do observador.
Um grande abraço.

9 comentários:

Victor disse...

Obrigado! Gostei de saber!

Anônimo disse...

tbm gostei de saberrr

Anônimo disse...

A resposta que eu precisava.

Anônimo disse...

adorei, pssei quase uma hora perquisando mas não havia encontrado uma resposta tão clara com esses exemplos.parabéns.

Aaliyahrj disse...

Gostei da explicação, muito clara!Me ajudou bastante!
Obrigada!

Anônimo disse...

Valeu foi uma explicação bem mais clara!

Anônimo disse...

Eu gostei muito! abriu minha mente.

Anônimo disse...

Gostei mto da resposta,foi clara e objetiva.Obrigada

CASSILDO SOUZA disse...

Obrigado por prestigiar. Grande abraço.