PRESENTATION IMAGE

3 de set de 2009

DENOTAÇÃO E CONOTAÇÃO

Denotação e conotação são dois aspectos diferentes, mas não os considero opostos. A conotação (ou sentido figurado) tem por base justamente a denotação, porque é a partir da comparação que surge um novo sentido.

Denotação significa o sentido real, original, literal. Aquele encontrado no Dicionário.

Conotação é justamente o desvio desse sentido original, por meio da comparação.

Vejamos os exemplos:

A lua estava cheia ontem. A Terra ficou toda iluminada.

Aqui, o vocábulo LUA está tomada em seu sentido real, o satélite natural do Planeta e que recebe a luz do sol para também clarear a Terra. Portanto, temos sentido DENOTATIVO.

Diferentemente, ocorre uma FIGURAÇÃO DE SENTIDO (CONOTAÇÃO) com o trecho a seguir:

"Eu vivo sempre no mundo da lua, porque sou um cientista, o meu papo é futurista, é lunático". (Guilherme Arantes, em Lindo Balão Azul)

Percebam que a expressão em negrito acima não está no sentido real. Até porque ninguém "vive no mundo da lua". Mas, por comparação em relação à distância da lua, o eu-lírico diz estar sempre longe, como se estivesse em outro plano, pensando coisas não-convencionais. Ou seja, a expressão coube na composição. Houve uma METÁFORA, que é a figura de linguagem mais conhecida e utilizada. Desse modo, as palavras foram empregadas no SENTIDO CONOTATIVO.
Um abraço e até mais.
Cassildo.

Nenhum comentário: