3 de nov de 2009

AINDA NÃO (CASSILDO)

Ainda não chorei,
Porque quero ir à forra, quando isso acontecer.
Ainda não falei,
Porque quero gritar, quando tiver que me expressar.
Ainda não pedi,
Porque quero ter direito à tudo, quando tudo estiver disponível
Ainda não tremi,
Porque tenho todo o calor em vez do frio,
Ainda não estou,
Porque quero vir totalmente, sem me dispersar
Ainda não fui,
Porque quero viver muito mais do que possa caminhar essa estrada do viver.

Um comentário:

geynetic disse...

"Ainda não" pode soar como um "tarde demais" por isso um conselho: "agora sim" o tempo é curto, o dia é pouco, a tarde é pequena demais...como já dizia o inesquecível Renato Russo, amanhã, na verdade, não há!
hehehe...Valeu kasssy!
Bjokas