6 de jan de 2010

O DRAMA DO ERRO (CASSILDO SOUZA)

O drama do erro

O trauma do erro tem me perseguido
O que será mesmo que é certo?
É certo o errado que pregam,
É errado o que querem ter como certo?
Ao certo, ninguém sabe a resposta
Errado é pensar que há definição
Certo mesmo, é que há uma vida
Cheia de erros, acertos, indecisões
Errado mesmo é pensar que os amores
Estão escondidos dentro de uma escuridão.
O limite extremo entre o equívoco e a correção
É bem mais estreito do que erradamente se pensa
Há bem mais efeito no certo,
Mas muito mais fácil é errar
E conciliar as bordas desses dois gumes
É arriscar-se ao corte na faca
Traiçoeira do erro da imprevisível vida.

4 comentários:

Gerci disse...

Olá! Estava lendo seu texto sobre "o que fazer para zerar uma redação", e e tenho uma dúvida sobre o vestibular que prestei nesse sabado, para a UFRJ. As orientações eram as seguintes:
1. Evite copiar passagens dos fragmentos apresentados.
2. Redija seu texto em prosa, de acordo com a norma culta escrita da língua.
3. Redija um texto de 25 a 30 linhas.
4. Não se esqueça de atribuir um título a seu texto.

Sendo que eu escrevi 25 linhas, contabilizando a linha do título. Minha redação pode ser anulada ?

CASSILDO SOUZA disse...

Gerci. Se não houver expresso que o texto pode ser zerado por causa disso, não se preocupe. Geralmente, os motivos para zerar não incluem a quantidade de linhas, a não ser que o candidato fique muito distante da indicação. Então, você não perderá a redação por esse motivo.
Boa sorte!!

Gerci disse...

Ah sim, muito obrigada!
Mas gostaria de esclarecer mais uma dúvida. A perda de pontos referente a qualidade de letra e a rasuras é muito alta? Porque como tive pouco tempo para realizar a redação, acabei escrevendo o parágrafo de conclusão muito rapidamente. Eu estava no último minuto de prova e acabei ficando muito nervosa, e então a letra (apenas na conclusão) saiu garranchada e tive duas rasuras. A redação ficou boa, mas nao sei o quanto posso perder na conclusão. Não tive erros gramaticais, concordância ou coerencia, mas a qualidade ideologica nao foi tão boa quanto o restante da redação.

CASSILDO SOUZA disse...

Gerci, o importante é o todo textual. A qualidade da letra só implica em perda de pontos quando não for possível compreender o que está escrito. Agora, se fez muito rapidamente o conteúdo é que pode ser prejudicado. Mas se o texto, no geral, foi bem, isso não deverá causar um prejuízo grande na nota final.
Um abraço.
Cassildo.