PRESENTATION IMAGE

17 de jul de 2010

FUNÇÕES DA PALAVRA "QUE"

Em uma posterior anterior, abordei aqui as funções da palavra "SE". Agora, abordarei a palavra "QUE" e colocarei, também, algumas questões comentadas. Bons estudos. Os exemplos e os comentários são meus. Esse conteúdo foi tema da última aula para a turma de concursos no EVOLUÇÃO SISTEMA DE ENSINO, quarta-feira, dia 14.07.2010:

FUNÇÕES GRAMATICAIS (OU MORFOLÓGICAS) DA PALAVRA "QUE":
·
Pronome substantivo interrogativo
(não vem antes de substantivo).
Que houve com o carro?

· Pronome adjetivo interrogativo (refere-se ao substantivo)
Que material você precisa?

· Pronome relativo (= o qual, a qual, os quais, as quais)
O fato que (o qual) levou à solução do caso é simples.

· Preposição (equivale a de, para, a)
Tenho que (de) realizar muitos sonhos.

· Advérbio de intensidade (equivalente a quão)
Que (Quão) bela mulher ela era!

· Conjunção coordenativa explicativa (= pois, porque)
Vamos embora, que (pois) preciso terminar o material.

· Conjunção coordenativa aditiva (= e)
Joga que (e) faz gols incríveis.

· Conjunção subordinativa final (= para que)
Faço esforço (para) que ela venha.

· Conjunção subordinativa comparativa (encerra comparação)
Você é mais teimoso que seu patrão! (comparativo de superioridade)

· Conjunção subordinativa consecutiva (após tal, quanto, tanto, tamanho)
Chorou tanto que não tinha lágrimas nos olhos.

· Conjunção subordinativa integrante (inicia oração substantiva)
Aprendi / que tem o seu tempo.
O.P. Sub. Subst. Odbj. Direta

· Palavra de realce (não altera o sentido da frase)
Certamente (que) serás aprovado.

FUNÇÕES SINTÁTICAS (TERMOS DA ORAÇÃO) DA PALAVRA "QUE"

· Sujeito
O rapaz que veio instalar a rede sumiu. (Quem veio instalar? O rapaz - sujeito)

· Objeto direto
A pose que ele fez foi ridícula. (Ele fez o quê? A pose - objeto direto)

·
Objeto indireto
O risco a que me refiro é real. (Refiro-me a
quê? Ao risco - Objeto indireto)

·
Predicativo
Estamos orgulhosos pelo grande anfitrião que ele é. (Ele é um grande anfitrião - Predicativo)

· Complemento nominal
O risco a que estamos expostos é real. (Estamos expostos a quê? Ao risco - Comp. Nominal)
*
A função sintática do QUE é sempre a função da palavra que ele substitui. No primeiro exemplo, se "O rapaz" veio instalar, esse termo ocupa função de SUJEITO, e como o pronome relativo substitui "O rapaz", também será SUJEITO. E assim, por diante.

Agora, vamos responder a algumas questões:

01. Assinale a opção na qual o termo "QUE" tem valor de substantivo.
a) É necessário que todos participem do processo.
b) Você trouxe o café que eu pedi?
c) Que bom você ter vindo.
d) Ele tinha um quê de agressividade.
e) O rapaz a que me refiro acaba de chegar.

02. (FCSAM-SP) Na frase “Os doze anos, ai de mim, nunca mais que chegavam”, a palavra destacada é:
a) preposição b) partícula expletiva
c) conjunção final d) pronome indefinido
e) advérbio de intensidade

03. (UM-SP) Assinale a alternativa em que a palavra QUE desempenha a função morfológica de advérbio:
a) Que profundos laços ligam essas duas famílias!
b) Atrás da película que descera sobre aqueles olhos mortos, ainda brilhava um raio de emoção.
c) Sem medir palavras, disse o que achava necessário dizer.
d) Você acha que eu sou pessoa de dar esmolas?
e) Que ódio acumulado naquele coração cheio de padecimentos!

04. (EPCAR) O que é pronome relativo apenas em:
a) Era grande o receio de que o prendesse.
b) Esperamos que se aproxime.
c) Nem sempre os que reclamavam eram atendidos.
d) Fazemos votos que sejas feliz.
e) Não sabemos que livro devemos adotar.

05. (IMES-SP) “Oh! Que altos são os segredos da Província Divina.” (Vieira)
a) conjunção subordinativa causal
b) conjunção subordinativa integrante
c) pronome relativo
d) pronome interrogativo
e) advérbio de intensidade

RESPOSTAS E COMENTÁRIOS:

01. RESPOSTA: "D". Questão simples de ser respondida. Toda palavra antecedida de artigo (definido ou indefinido) vira SUBSTANTIVO. Nas demais alternativas, "A", o QUE é CONJUNÇÃO INTEGRANTE (inicia subsordinada substantiva); em "B" e "E", o QUE inicia oração substantiva, portanto é PRONOME RELATIVO; na letra "C", o QUE intensifica o adjetivo "bom, por isso atua como ADVÉRBIO.

02. RESPOSTA: "B". De novo, uma questão simples de ser respondida. PARTÍCULA EXPLETIVA é o mesmo que PALAVRA DE REALCE, sua utilização apenas reforça estilisticamente, sem alterar o sentido da enunciação. No caso em tela, o segmento "Nunca mais QUE chegavam" poderia ser reescrito como "Nunca mais chegavam", sem mudança de significado. Sabendo-se disso, o aluno já poderia descartar as outras opções, sem titubiar.

03. RESPOSTA: "A". O vocábulo QUE, atuando como ADVÉRBIO DE INTENSIDADE, reforça os adjetivos e pode ser substituído por QUÃO (com idéia de muito, ou seja "laços MUITO profundos"). Nas demais opções: "B", "película QUE descera", o vocábulo pode ser substituído por A QUAL e retoma substantivo anterior, portanto é PRONOME RELATIVO; em "C", também atua como PRONOME RELATIVO, modificando a palavra anterior "O", que tem idéia de AQUILO (pronome substantivo demonstrativo), cuja construção poderia ficar "Aquilo QUE queria dizer; "D", A palavra QUE inicia subordinada substantiva, então é CONJUNÇÃO INTEGRANTE; "E", A palavra modifica o substantivo "ódios" e, por isso, é PRONOME INDEFINIDO (idéia de MUITO ódio).

04. RESPOSTA: "C". A palavra "os", embora possa parecer artigo não o é, porque não se refere a substantivo, é PRONOME SUBSTANTIVO DEMONSTRATIVO e, nesse caso, é retomado por um PRONOME RELATIVO, neste caso, QUE (Poderia ficar "Aqueles QUE reclamam..."). Em todas as outras alternativas o vocábulo QUE inicia oração subordinada substantiva, por isso são CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS INTEGRANTES.


05. "E". O vocábulo QUE atua como ADVÉRBIO DE INTENSIDADE quando pode ser substituído por QUÃO (com idéia de MUITO - MUITO altos), e este é o caso da letra "E", cuja construção poderia ser "Oh! QUÃO altos são os segredos...".

Espero ter esclarecido algumas dúvidas, quanto a este, que é um importante assunto.

Abraços.

Cassildo.

3 comentários:

Arlon, Salvadro-BA disse...

Muito bom, esclareceu bastantes dúvidas.

Raii disse...

Ótiimo, goostei muito da explicação, e ainda por cima têm exercícios! Muito bom!

Raii disse...

Ótimoo! Gostei muito da eplicação, e ainda por cima têm exercícios! Muito bom!