12 de ago de 2010

NOTURNAS SENSAÇÕES (CASSILDO SOUZA)

SILÊNCIO TOTAL
A CIDADE DORME
TRANQÜILIDADE ANORMAL
DO NADA QUE SE MOVE.

A URBANA SENSAÇÃO
É SUBURBANA
O BARULHO SE PERDEU
NAS FOLHAS QUE CAÍRAM.

O SILÊNCIO É A TÔNICA
ATÔNITO NÃO SE ESTÁ
E A CIDADE SEMIMORTA
DESCANSA QUASE EM PAZ.

TÍPICA NOITE FRIA
HÁ VENTANIA
A BRISA QUE ME SOPRA
É O ÚNICO SOM.

SOZINHA A NOITE
CAMINHA
NUMA ESTRADA INTACTA
O PACTO DO SILÊNCIO.

Nenhum comentário: