18 de jun de 2011

QUESTÕES RESOLVIDAS

01. (UFPE / 2009) Assinale a alternativa em que a forma verbal destacada está corretamente conjugada.

A) Se o português se mantesse inalterado, tenderia a desaparecer.

B) Devemos reagir, se os gramáticos imporem regras normativas que estão em desuso.

C) Se, no futuro, um dos usos vir a prevalecer, ele se estabelece como a norma.

D) No debate sobre norma versus usos, os professores intervieram pouco.

E) Os especialistas proporam uma nova concepção de gramática, relacionada aos usos da língua.

EXPLICAÇÃO: Na alternativa "A", a forma verbal, como vem de TER, deveria ser escrita como MANTIVESSE (TIVESSE); nas letras "B" e "E", temos verbos derivados de PÔR e as formas respectivas corretas seriam IMPUSEREM e PROPUSERAM; na "C", a forma verbal correta seria VIER, pois se trata do futuro do subjuntivo do verbo VIR; a alternativa "D" traz um verbo derivado de VIR e, no pretérito perfeito, seria VIERAM, portanto, com o verbo INTERVIR, o correto é realmente INTERVIERAM.


02. (UFPE / 2009) De maneira explícita, no Texto 2 Manuel Bandeira se coloca contra a imitação das normas gramaticais portuguesas, pelos brasileiros. Indique o trecho em que o poeta infringe uma regra do que chamou de “a sintaxe lusitana”.

A) “Dez ovos por uma pataca”.

B) “Me lembro de todos os pregões:”.

C) “A vida com uma porção de coisas que eu não entendia bem”.

D) “A vida não me chegava pelos jornais nem pelos livros”.

E) “Porque ele é que fala gostoso o português do Brasil”.

EXPLICAÇÃO: a única alternativa com erro é "B", pois o pronome ME está iniciando período; conforme regras da colocação pronominal, é proibido o emprego do pronome oblíquo átono no início da sentença, ou seja, a PRÓCLISE; neste caso, o correto seria LEMBRO-ME.

Nenhum comentário: