29 de jul de 2011

AULÃO DO CEDAP (SANTA CRUZ) QUESTÕES COMENTADAS

QUESTÕES DO ENEM / 2009

Gerente – Boa tarde. Em que eu posso ajudá-lo?

Cliente – Estou interessado em financiamento para compra de veículo.

Gerente – Nós dispomos de várias modalidades de crédito.

O senhor é nosso cliente?

Cliente – Sou Júlio César Fontoura, também sou funcionário do banco.

Gerente – Julinho, é você, cara? Aqui é a Helena! Cê ta em Brasília? Pensei que você inda tivesse na agência de Uberlândia! Passa aqui pra gente conversar com calma.

BORTONI-RICARDO, S. M. Educação em língua materna. São Paulo: Parábola, 2004 (adaptado).

01. (ENEM / 2009) Na representação escrita da conversa telefônica entre a gerente do banco e o cliente, observa-se que a maneira de falar da gerente foi alterada de repente devido

A à adequação de sua fala à conversa com um amigo, caracterizada pela informalidade.

B à iniciativa do cliente em se apresentar como funcionário do banco.

C ao fato de ambos terem nascido em Uberlândia (Minas Gerais).

D à intimidade forçada pelo cliente ao fornecer seu nome completo.

E ao seu interesse profissional em financiar o veículo de Júlio.

Texto para as questões n.º 02 e 03


02.(ENEM/2009) Os principais recursos utilizados para envolvimento e adesão do leitor à campanha institucional incluem

A o emprego de enumeração de itens e apresentação de títulos expressivos.

B o uso de orações subordinadas condicionais e temporais.

C o emprego de pronomes como “você” e “sua” e o uso do imperativo.

D a construção de figuras metafóricas e o uso de repetição.

E o fornecimento de número de telefone gratuito para contato.

03. (ENEM/2009) O texto tem o objetivo de solucionar um problema social,

A descrevendo a situação do país em relação à gripe suína.

B alertando a população para o risco de morte pela Influenza A.

C informando a população sobre a iminência de uma pandemia de Influenza A.

D orientando a população sobre os sintomas da gripe suína e procedimentos para evitar a contaminação.

E convocando toda a população para se submeter a exames de detecção da gripe suína.

Saúde, no modelo atual de qualidade de vida, é o resultado das condições de alimentação, habitação, educação, renda, trabalho, transporte, lazer, serviços médicos e acesso à atividade física regular. Quanto ao acesso à atividade física, um dos elementos essenciais é a aptidão física, entendida como a capacidade de a pessoa utilizar seu corpo — incluindo músculos, esqueleto, coração, enfim, todas as partes —, de forma eficiente em suas atividades cotidianas; logo, quando se avalia a saúde de uma pessoa, a aptidão física deve ser levada em conta.

04. (ENEM / 2009) A partir desse contexto, considera-se que uma pessoa tem boa aptidão física quando

A apresenta uma postura regular.

B pode se exercitar por períodos curtos de tempo.

C pode desenvolver as atividades físicas do dia-a-dia, independentemente de sua idade.

D pode executar suas atividades do dia a dia com vigor, atenção e uma fadiga de moderada a intensa.

E pode exercer atividades físicas no final do dia, mas suas reservas de energia são insuficientes para atividades intelectuais.

O "Portal Domínio Público", lançado em novembro de 2004, propõe o compartilhamento de conhecimentos de forma equânime e gratuita, colocando à disposição de todos os usuários da Internet, uma biblioteca virtual que deverá constituir referência para professores, alunos, pesquisadores e para a população em geral.

Esse portal constitui um ambiente virtual que permite a coleta, a integração, a preservação e o compartilhamento de conhecimentos, sendo seu principal objetivo o de promover o amplo acesso às obras literárias, artísticas e científicas (na forma de textos, sons, imagens e vídeos), já em domínio público ou que tenham a sua divulgação devidamente autorizada.

BRASIL. Ministério da Educação. Disponível em: http://www.dominiopublico.gov.br. Acesso em: 29 jul. 2009 (adaptado).

05. (ENEM / 2009) Considerando a função social das informações geradas nos sistemas de comunicação e informação, o ambiente virtual descrito no texto exemplifica

A a dependência das escolas públicas quanto ao uso de sistemas de informação.

B a ampliação do grau de interação entre as pessoas, a partir de tecnologia convencional.

C a democratização da informação, por meio da disponibilização de conteúdo cultural e científico à sociedade.

D a comercialização do acesso a diversas produções culturais nacionais e estrangeiras via tecnologia da informação e da comunicação.

E a produção de repertório cultural direcionado a acadêmicos e educadores.

Textos para as questões 06 e 07

Texto I

É praticamente impossível imaginarmos nossas vidas sem o plástico. Ele está presente em embalagens de alimentos, bebidas e remédios, além de eletrodomésticos, automóveis etc. Esse uso ocorre devido à sua atoxicidade e à inércia, isto é: quando em contato com outras substâncias, o plástico não as contamina; ao contrário, protege o produto embalado. Outras duas grandes vantagens garantem o uso dos plásticos em larga escala: são leves, quase não alteram o peso do material embalado, e são 100% recicláveis, fato que, infelizmente,

não é aproveitado, visto que, em todo o mundo, a percentagem de plástico reciclado, quando comparado ao total produzido, ainda é irrelevante.

Revista Mãe Terra. Minuano, ano I, n. 6 (adaptado).

Texto II

Sacolas plásticas são leves e voam ao vento. Por isso, elas entopem esgotos e bueiros, causando enchentes. São encontradas até no estômago de tartarugas marinhas, baleias, focas e golfinhos, mortos por sufocamento.

Sacolas plásticas descartáveis são gratuitas para os consumidores, mas têm um custo incalculável para o meio ambiente.

Veja, 8 jul. 2009. Fragmentos de texto publicitário do Instituto Akatu pelo Consumo Consciente.

06. (ENEM / 2009) Em contraste com o texto I, no texto II são empregadas, predominantemente, estratégias argumentativas que

A atraem o leitor por meio de previsões para o futuro.

B apelam à emoção do leitor, mencionando a morte de animais.

C orientam o leitor a respeito dos modos de usar conscientemente as sacolas plásticas.

D intimidam o leitor com as nocivas consequências do uso indiscriminado de sacolas plásticas.

E recorrem à informação, por meio de constatações, para convencer o leitor a evitar o uso de sacolas plásticas.

07. (ENEM / 2009) Na comparação dos textos, observa-se que

A o texto I apresenta um alerta a respeito do efeito da reciclagem de materiais plásticos; o texto II justifica o uso desse material reciclado.

B o texto I tem como objetivo precípuo apresentar a versatilidade e as vantagens do uso do plástico na contemporaneidade; o texto II objetiva alertar os consumidores sobre os problemas ambientais

decorrentes de embalagens plásticas não recicladas.

C o texto I expõe vantagens, sem qualquer ressalva, do uso do plástico; o texto II busca convencer o leitor a evitar o uso de embalagens plásticas.

D o texto I ilustra o posicionamento de fabricantes de embalagens plásticas, mostrando por que elas devem ser usadas; o texto II ilustra o posicionamento de consumidores comuns, que buscam praticidade e conforto.

E o texto I apresenta um alerta a respeito da possibilidade de contaminação de produtos orgânicos e industrializados decorrente do uso de plástico em suas embalagens; o texto II apresenta vantagens do consumo de sacolas plásticas: leves, descartáveis e gratuitas.


08. (ENEM / 2009) A linguagem da tirinha revela

A o uso de expressões linguísticas e vocabulário próprios de épocas antigas.

B o uso de expressões linguísticas inseridas no registro mais formal da língua.

C o caráter coloquial expresso pelo uso do tempo verbal no segundo quadrinho.

D o uso de um vocabulário específico para situações comunicativas de emergência.

E a intenção comunicativa dos personagens: a de estabelecer a hierarquia entre eles.

RESPOSTAS COMENTADAS:

1. RESPOSTA: “A”. É clara a mudança de linguagem quando a gerente percebe que está falando com pessoa próxima, passando a empregar a informalidade.

2. RESPOSTA: “C”. O texto é publicitário, que emprega a função CONATIVA ou APELATIVA da linguagem. Neste caso, o uso de termos que remetem o receptor (você, modo imperativo, sua) constitui recurso para atingir esse leitor.

3. RESPOSTA: “D”. O objetivo principal de um cartaz com campanha que aborde saúde é, geralmente, orientar a população sobre procedimentos para a não-contaminação. É o caso específico.

4. RESPOSTA: “C”. Segundo o texto, ter boa aptidão física não discrimina idade ou qualquer outra característica particular. O indivíduo que se apresenta assim desenvolve suas atividades normalmente, sem restrição ou limite de idade.

5. RESPOSTA: “C”. O nome “Domínio Público” já sugere que os conteúdos publicados no referido site sejam disponibilizados gratuitamente, ou seja, democraticamente a todas as pessoas da sociedade.

6. RESPOSTA: “E”. No texto II, as estratégias argumentativas visam a convencer o leitor que usar plástico pode ser desvantajoso. E isso é construído com base em constatações, como a morte de animais por sufocamento, o entupimento de esgotos e bueiros.

7. RESPOSTA: “B”. Está claríssimo que o texto 1 defende o uso do plástico, abordando suas vantagens, enquanto o texto 2 é contrário às idéias do texto 1. A letra “C” traz o termo “sem qualquer ressalva” o que a torna inapta para a resposta.

8. RESPOSTA: “C”. A tirinha é caracterizada pela linguagem coloquial (informal) e isso é observado a partir do uso de “tinha” em vez de “tivesse”, que seria a forma correta pela norma culta.

3 comentários:

Anônimo disse...

Oi, Cassildo!

Quanto tempo!
Tudo bem? Encontrei seu blog por acaso e pelo visto você está muito bem profissionalmente :)
Feliz por você!

Um forte abraço e fica com DEUS.
Priscila (sobrinha de Simão).

CASSILDO SOUZA disse...

Priscila! Que prazer, quanto tempo mesmo! Graças a Deus, está tudo bem comigo, faço o que gosto, e as oportunidades têm sido muito generosas. Veja como a Internet tem seu lado positivo, a gente encontra cada pessoa importante. Espero que você esteja muito bem, onde estiver. Gostaria de continuar esse contato. Casei em janeiro, e a minha esposa também é professora, moramos aqui mesmo em Currais.
Um forte abraço e tudo de bom para você!

Anônimo disse...

Que bom, Cassildo!
Parabéns pelo casório :) Manda um abraço para sua esposa e qualquer coisa me escreve, meu e-mail é:

priscilf@yahoo.com.br

Abraços,
Priscila.