2 de set de 2011

PALAVRAS QUE GERAM DÚVIDA III

  • "DIFERIR"(distinguir) ESCREVE-SE DIFERENTE DE "DEFERIR" (conceder, aprovar);
  • "DISCRIÇÃO" (caráter de discreto) NÃO SE MISTURA COM "DESCRIÇÃO" (ato de descrever);
  • "MANDADO (ordem) É DIFERENTE DE "MANDATO" (período de gestão);
  • "INFLIGIR" (aplicar norma) É DISTINTA DE "INFRINGIR" (transgredir a norma);
  • "DISCRIMINAR" (distinguir, especificar, separar) DISTANCIA-SE DE "DESCRIMINAR" (tirar a característica de crime de alguma pessoa ou algum ato);
  • "ARREAR" (pôr arreios) É DIVERSA DE "ARRIAR" (abaixar);
  • "CESSÃO" (ato de ceder, liberar) DIFERE-SE DE "SESSÃO" (reunião, atividade de entretenimento, tratamento de saúde, etc) E DE "SEÇÃO/SECÇÃO (parte de um todo);
  • "RATIFICAR" (confirmar, reafirmar) É UMA COISA, "RETIFICAR" (consertar) É OUTRA;
  • "SENSO" (sentido, compreensão) NÃO SE PODE MISTURAR COM "CENSO" (contagem).

Nenhum comentário: