18 de nov de 2011

POETAT (CASSILDO)

Não sou poeta,

Mas freqüento o habitat da poesia

Relato as minhas e mundanas experiências

Como aquele que não sabe cantar

Mas consegue identificar a melhor voz

Ou o desafinar, sair do médio tom numa melodia

Sou testemunha dos escritores,

Assim como a música que denuncia a letra

Num vice-versa de opções.

Alguém já disse que todos nascem poetas,

Uns conseguem exteriorizar-se

Outros não,

A segunda opção parece ser

A mais viável

Insaciável é a minha obsessão apológica

Por essa arte,

Da qual só participo

Emancipo opiniões

Estando sempre à procura

De um lugar poeticamente correto.

Nenhum comentário: