12 de jul de 2012

MAS X MAIS: ERRO DO SÉCULO

Hipérboles à parte, a confusão entre MAS (conjunção coordenativa adversativa) e MAIS (advérbio de intensidade / pronome indefinido, com uso semelhante ao de MUITO) é muito incidente; nas redes sociais, essa troca é tão comum quanto o uso do MIM em vez de EU, e parecida com a permuta entre TE e TI. 

O que - então - fazer para evitar um erro grotesco, com solução não tão complexa? Resposta: a prática . É preciso MAIS atenção, estar MAIS antenado na hora de escrever; quanto MAIS exercício, MAIS o usuário tenderá a não usar um vocábulo em lugar do outro.

MAS, além da leitura e escrita diária, conhecer um pouco das teorias não faz mal a ninguém; MAS também não se deve "decorar" regras, pois elas são limitadas. É preciso compreender - também - que uma ou outra dessas palavras - na pronúncia - se confundem. 

MAS equivale à conjunção de mesma natureza "PORÉM"; pode significar ENTRETANTO, CONTUDO, TODAVIA. Em suma, indica  oposição de idéias.

Por outro lado, MAIS é o antônimo de MENOS; é um advérbio intensificador; é, ainda, um pronome indefinido, usado diante de substantivos. Portanto, nada de escrever frases como "Eu fui para a escola, MAIS não houve aula". Totalmente inadequado esse uso. O contrário precisa ser evitado, também: "Eu preciso de MAS água." Tudo é questão - primeiro - de conhecimento; depois, uma questão de cuidado, atenção, na hora de produzir a enunciação.

Sem mais prolongamentos, é a orientação.

2 comentários:

Luciana Borges disse...

É correto falar NAS pontas dos Dedos ?

Luciana Borges disse...

É correto escreve NAS PONTAS DOS DEDOS ?