10 de ago de 2012

Tempo composto.


                                                                                                                                          Cassildo Souza

Ciclos são círculos
Na imensidão do vai-e-vem
A largada e o final
Da plena rotação
Em linha sinuosa.

As eras transpassam
Todas as rotas
Suas rodas se deslizam
No arisco caminho
Que o tempo construiu.

São viagens meteóricas
Quase imperceptíveis
Senão quando voltamos
A esta vã dimensão
Inconstante “in natura”.

Nenhum comentário: