18 de dez de 2013

AULA DA SAUDADE 2013 - ESCOLA ESTADUAL "TRISTÃO DE BARROS"

O QUE AINDA ESTÁ POR VIR



             Bom será se não dissermos Adeus. Então, não digamos. Comecemos por um “até breve”. A vida é muito imprevisível para selarmos um ponto final de maneira tão fria. Termina-se um ciclo, conclui-se uma etapa. Para muitos aqui, uma longa etapa na mesma escola. A escola dos sonhos. Dos sonhos de vocês, dos nossos sonhos. Dos sonhos daqueles que nem conseguiram chegar até aqui.

 Mas tudo não acaba por aqui. Quanta vida para percorrer, quantos outros sonhos para buscar, quantos outros desafios superar! Estamos apenas no começo de uma era de afirmação, de uma batalha, num mundo tão complexo e competitivo, cheio de armadilhas, mas também repleto de muitas oportunidades. Este suposto final que ora vivenciamos é, simplesmente, uma metáfora para o início do que ainda está por vir. Nossa guarda provisória por vocês, filhos temporários nesses últimos 3 anos, acaba agora.

Devolvemos ao mundo estes alunos que, com sua atenção ou travessuras, nos marcaram intensamente; marcaram pelos debates maduros que travamos nas aulas, com temas interessantes e essenciais a nosso crescimento; marcaram pelas conversas fora de hora que mereciam repreensão; marcaram pela revolta quando algo não podia ser concedido; marcaram pelas amizades que se fizeram ou pelo choro de uma reconciliação; marcaram pelas tardes em que – ainda sem aula – insistiam em ficar, nos corredores, no refeitório, na vidraça das salas dos professores, tentando adivinhar o que discutíamos. Marcaram porque são nossos.

Insistimos. Ainda há muito por vir. Virá o trabalho, que lhes trará a sobrevivência; virão os cursos técnicos ou superiores; virão as responsabilidades de adultos, em que ora se transformam; alguns constituirão família precocemente, mas cada um sabe do seu tempo.  Outros se afastarão, procurarão oportunidades em diferentes lugares, em ambientes mais favoráveis; contatos se perderão, com a correria da vida, mas as lembranças, estas nunca serão apagadas. Permanecerão em nossas memórias, ainda que involuntariamente, como uma luz que sempre acenderá quando menos esperarmos.

Num mundo tão desumano e robotizado, promovemos aqui, o símbolo do que é mais humano. Não existe, neste momento, espaço para rancores, para a individualização pregada em nossos dias. É hora de refletir e extrair todos os aspectos positivos que ficaram nessas 3 temporadas. Joguemos fora aquilo que não nos serve mais. Valorizemos os ensinamentos que cada parte possibilitou uma à outra; vocês nos ensinaram muito. Ensinaram-nos a conviver, a compreender, a reconhecer erros, a pedir e a conceder perdão. Isso é o ser humano, buscando sempre a sua evolução. Evoluímos juntos, sem sombra de dúvidas.

Vão, agora, em busca de suas conquistas. Voem alto, o mais alto que puderem, mas sempre com a consciência tranquila e com os pés no chão. Abracem o mundo, com cuidado, mas com atitude. Nós, mestres privilegiados em tê-los, estaremos sempre exaltando as vitórias que conquistarão, orgulhosos por termos nossa pequena parte nessa caminhada que dá seu pontapé nesta noite.

Até breve.


A vocês, o nosso amor.


Cassildo Souza

*Mensagem dedicada aos concluintes das 3.ªs. séries "A", "B" e "C,
em 17.12.2013, na Escola Estadual "Tristão de Barros".

(Clique aqui)


Nenhum comentário: