26 de fev de 2015

RESPOSTAS À SÉRIE QUESTÕES 01 (ACENTUAÇÃO), 02 (ORTOGRAFIA), 03 (CRASE)

01 - acentuação gráfica: 01-B, 02-conveniência (paroxítona terminada em ditongo crescente ou falsa proparoxítona); também (oxítona terminada em "em"); matéria (paroxítona terminada em ditongo crescente ou falsa proparoxítona); espírito - proparoxítona), 03-D, 04-C, 05-A.

02 - ortografia oficial: 01-B, 02-B, 03-B, 04-B, 05-E.

03 - acento grave (crase): 1-C, 2-D, 3-A, 4-D 5-a) não usa crase; b) usa-se crase nas duas ocasiões.

17 de fev de 2015

"TUDO SÓ COMEÇA DEPOIS DO CARNAVAL..."


Cassildo Souza

Essa estória de tudo só começar depois do carnaval simboliza bem o que nós somos enquanto brasileiros. Um clichê sem graça, mas que tem efeitos danosos à nação. Alguns me dirão que não se pode mudar nada, então que se dance conforme a música. Uma música que - a exemplo do que ocorre no campo artístico brasileiro - enjoa de tanto tocar sem apresentar mensagem concreta. A grande mídia, as autoridades políticas e os grandes empresários vibram com essa mentalidade retrógrada, mas que acomete até mesmo certas pessoas consideráveis sensatas. Isso é bom para essa minoria, não para nós, a maioria.
Respeito o evento como uma expressão cultural - até o ponto em que é realmente uma manifestação espontânea, de produção humana. Dentro do evento, há vários segmentos, várias linhas de abordagem e manifestação. A partir do momento em que se passa a pregá-lo como uma massa de manobra - como o fazem a mídia televisiva e a virtual - ele deixa de ser uma manifestação espontânea. E é essa a vertente que está associada à célebre frase de que "No Brasil, tudo só funciona depois do carnaval". Eu discordo. Nem depois do carnaval, somos capazes de fazer o país andar.
No Brasil, nada funciona nunca, exatamente por essa mentalidade de tudo ser balada; tudo é alegria de fachada; tudo é festa. Uma comemoração constante, como se motivos tivéssemos para tal. É evidente que não se deve pregar o enclausuramento, a censura à celebração da vida; mas é preciso saber o que se está celebrando ou se há, em dado momento, motivos para isso. Nessas horas, eu não vejo pessoas protestando contra a falta de água e potencial falta de energia, m refiro àquelas que saíram às ruas em junho/2013. Basta um evento festivo e as ideologias ficam para trás. Tudo é esquecido num "passe de mágica". Esse fenômeno independe de quem esteja à frente da nação.
Temos uma via tríplice: o carnaval da elite, que pode pagar até R$ 85 mil para ver o desfile das escolas de samba e ostentar seu poder aquisitivo; as "migalhas" desse mesmo carnaval, a cargo das transmissões televisivas cujas emissoras faturam milhões de reais, direcionadas a quem fica em casa acreditando que realmente somos o país do carnaval; o carnaval do povão - em clubes ou de rua - talvez o mais legítimo de todos, mas que tem perdido seu espaço ou porque não têm apoio de órgãos governamentais ou porque também sofreu uma manipulação passando de cultura popular a cultura de massa. O que isso tem a ver com o tema aqui abordado? Tudo. Qualquer que seja o estilo da folia, trata-se de um período em que cegamos para todos os problemas sociais a que estamos expostos. Está tudo bem arranjado.
E o período de trégua nunca acaba na Quarta-Feira de Cinzas. Ele se estende até o próximo carnaval - o da elite ou do povão - e assim o círculo vicioso do tudo "só começa depois do carnaval" renova-se. É simples: aqui, vive-se o ano todo como se estivéssemos no carnaval. Somos um verdadeiro carnaval.

14 de fev de 2015

FUNÇÕES DA LINGUAGEM - EXERCÍCIOS


RESUMO DAS APROVAÇÕES DA ESCOLA ESTADUAL "TRISTÃO DE BARROS' - 2011/2015




DIFICULDADE DE DEFINIR A CARREIRA ACADÊMICA

Acumular diplomas de áreas diferentes - para fazer quantidade - já se provou ser uma aventura; mas é pior quando não se conseguem finalizar os cursos iniciados.
Talvez o primeiro desafio dos jovens que iniciam a vida acadêmica seja decidir o que querem. Brincar de ser acadêmico não leva a lugar nenhum. Conheço pessoas que nunca conseguiram concluir o ensino superior, tendo iniciado em diversas áreas sucessivamente.
No geral, o ideal é a definição de um campo de atuação. Isso não impede conhecer outras áreas, mas é preciso haver certo critério.

INFORMAÇÃO IMPORTANTE!

Na chamada da lista de espera da UFRN, recomenda-se que TODOS OS CANDIDATOS (em verde e amarelo) compareçam. Se todos comparecerem, os que estão em verde garantem as vagas; os alunos listados em amarelos só herdarão as vagas se os da lista verde forem desistindo ou não comparecerem, mas desde que tenham apresentado documentação. Vejam a imagem:


LISTA DE APROVADOS DA ESCOLA ESTADUAL "TRISTÃO DE BARROS" - ENEM/SISU (2015)

A ESCOLA ESTADUAL TRISTÃO DE BARROS apresenta a relação de alunos aprovados para o ensino superior, via SISU ou contemplados com bolsas integrais em universidades particulares, pelo desempenho nas provas do ENEM / 2014):

1.Esdras Emanuel Costa da Silva(Física-UFCG) 
2.Felipe de Souza Araújo (Química-UFRN) 
3 Nayara Louíse de Araújo Dantas (Gestão Hospitalar-UFRN), 
4 Fernanda Letícia da Silva Félix (Agroecologia) 
5 Fábio Mateus Medeiros de Mascena (C & T-UFERSA) 
6 Ana Layara de Morais (Enfermagem-UFRN/FACISA), 
7 Denilson do Nascimento Silva (Teatro-UFRN) 
8.Fábia Sayonara Lafayete da Silva (Teatro-UFRN) 
9 Marcos Ígor de Farias C & T-UFRN) 
10. Ana Cláudia da Silva (Pedagogia-UFRN)
11.Maria do Socorro da Silva Santos Neta (Farmácia-UFRN)
12. Aparecida Thandara Dantas Silva (Geografia-UFRN)
13. Millena Sabrina Lopes (Matemática-UFCG)
14. Maria Clara Pereira de Sousa (Enfermagem-Uni/RN - Bolsa Integral)
15. Emanuel Matheus Marques Gomes (Gastronomia-UnP-Bolsa Integral)
16. Myrna Rafaela Rangel da Silva (Arquitetura e Urbanismo - UnP - Bolsa integral)
17. Maria Teresa Bezerra Gomes (Turismo - UFRN)
18. Emmanuele Fernanda de Medeiros (Alimentos - IFRN Tecnológico)
19. Maria Luísa Alves da Silva Eng. Elétrica - UFRN (2014.2)
20. Antoniel Marques de Lima (Geografia - UFRN)

21. Thiago Andrade Cândido (Administração - UFRN)
22. Thiago Anderson de Brito Araújo (Filosofia - UERN / Fisioterapia-UFRN)
23. Bruno Álan dos Santos Rodrigues (Matemática-UFRN)
24. Lucemária Dias Dantas (Letras/Espanhol-UFRN)
25. Jonas Eduardo dos Santos Ferreira (Letras/Espanhol-UFRN)
26. Abigail Dantas Teixeira (Administração - UFRN)
27. Lidiane Pontes Dantas (Turismo - UFRN)
28. Emília Mariana Guedes Duarte (C & T - UFRN).
29. Rita Emanuela Santana (C & T - UFRN)

30. Magno Jefferson Cortez Costa (Turismo - UFRN)
31. Washington de Lima Oliveira (Alimentos - Tecnológico - IFRN)

É um número bastante significativo, o que nos faz agradecer a toda a equipe de apoio, de professores, gestores, supervisores, aos pais que confiam em nosso trabalho e, principalmente, aos alunos, que são os verdadeiros protagonistas desses resultados maravilhosos. Com a lista de espera, provavelmente ainda teremos nomes acrescidos à presente relação. Isso significa que não estamos acomodados. Tudo é fruto de muito trabalho.

11 de fev de 2015

SÉRIE QUESTÕES DE CONCURSOS - ACENTO GRAVE INDICATIVO DE CRASE (03)

01. (FCC) O fenômeno ___ que aludi, é visível ___ noite e ___ olho nu. 
a) a - a -a.
b) a - à - à
c) a - à - a.
d) à - a - a. 
e) à - à - a.

02. (PUC-RS) Em todas as frases deve ser utilizado o acento indicativo de crase exceto na:
a) É preciso resistir à violência.
b) Nem sempre se sobrevive à violência.
c) A dor do agredido sucede a violência.
d) É necessário desaprovar a violência.
e) Não se pode ceder à violência. 

03. (UFSCar-SP) Leia as frases abaixo:
A conclusão do inquérito foi prejudicial____ toda categoria.
Mostrou-se insensível ___ a qualquer argumentação.
Este prêmio foi atribuído____ melhor aluna do curso.
Faço restrições ___ ter mais elementos no grupo.
Indique a alternativa que, na sequência, preenche às lacunas acima corretamente.
a) a - a - à - a
b) à - à - à - à
c) à - à - a - a
d) à - à - a - à
e) a - a - à - à

04. (PUC-SP) Assinale a alternativa que preencha, pela ordem, corretamente as lacunas:
"___ seis horas da manhã, já estávamos ___ esperar o trem que nos levaria ___ cidadezinha, de onde iríamos, ___ cavalo, ___ fazenda do Sr. Juca."
a) As - à - a - à - à
b) Às - a - à - à - a
c) As - a - à - a - à
d) Às - a - à - a - à
e) As - à - à - a - a

05. (PUC-SP) Use a crase quando necessário, nas orações abaixo:
a) Não a festas nem a reuniões.

b) Chegamos a universidade as oito horas.

5 de fev de 2015

SÉRIE QUESTÕES DE CONCURSOS - ORTOGRAFIA (02)

01. (IBFC / 2013) Chapeuzinho Vermelho foi seguida pelo lobo ______.O Apocalipse será a batalha entre o Bem e o ______.Assinale abaixo a alternativa que preenche corretamente as lacunas.
a) Mau/Mau. 
b) Mau/Mal. 
c) Mal/Mau. 
d) Mal/Mal.

02. Assinale o erro de ortografia:
a) pechincha 
b) sossobrar
c) prazo 
d) xícara

03. Assinale a frase errada:
a) Você gritou por quê? 
b) Vejamos porque o carro parou.
c) Por que ninguém me responde? 
d) Estou tonto e não sei o porquê.

04. (TRE-RJ – FCC) “Comprida” tem significado distinto de seu parônimo “cumprida”. Das sentenças abaixo, aquela em que houve troca na escolha dos parônimos entre parênteses é:
a) O acúmulo de vultosas quantias era sinal de benção divina. (vultosas/vultuosas).
b) Muda-se a ética antes que se consuma a generalização do pecado. (consuma / consume)
c) A expressão “dar um jeito” traz sempre subentendida a intenção de burlar a lei. (subentendida/subtendida)
d) O descumprimento da lei dificilmente passa despercebido na “Common Law” anglo-saxônica. (desapercebido / despercebido)
e) Antes de mais nada, faz-se necessário discriminar que leis favorecem a institucionalização do jeito. (descriminar / discriminar)

05. (TRE-RJ – FCC) A alternativa em que a segunda palavra se escreve com a mesma letra ou dígrafo sublinhado na primeira é:
a) “tensão” / absten__ão. 
b) “exterior” / e__tender
c) “sucessiva” / exce___ão 
d) “florescimento” / su___inta
e) “empiricismo” / ___mpecilho



4 de fev de 2015

SÉRIE QUESTÕES DE CONCURSOS - ACENTUAÇÃO GRÁFICA (01)

01. (Med./ABC-SP) A alternativa em que nem todas as palavras estão corretas quando à acentuação gráfica é:
a) arcaísmo, mês, frequência, incluí-lo
b) hífens, túneis, órgãos, sentí-lo
c) elétrons, atrás, para, trocá-lo
d) íris, alguém, sanguíneo, vendê-lo
e) apoio, tórax, armazéns, compô-lo

02. Justifique a acentuação dos seguintes vocábulos: conveniência - também - matéria - espírito.

03. (ITA-SP) Dadas as palavras: 1) bênção; 2) inglêsa; 3) equilátero, verificamos que está/estão devidamente acentuada (s):
a) apenas a palavra n.º 01.
b) apenas a palavra n.º 02.
c) apenas a palavra n.º 03.
d) apenas as palavras n.ºs 01 e 03.
e) todas as palavras.

04. (CESGRANRIO-RJ) Assinale a opção em que os vocábulos obedecem à mesma regra de acentuação gráfica:
a) terás / límpida
b) dá-lhes / necessário
c) extraordinário / incêndio
d) necessário / verás
e) incêndio / também

05. (FESP-SP) Em que alternativa as palavras devem ser acentuadas pelos mesmos motivos?
a) tambem - refem
b) velocidade - rubrica
c) aniversario - fortuito
d) fortuito - gratuito
e) ceu - tambem 


INÍCIO DAS AULAS EM CURSINHOS PREPARATÓRIOS - ENEM/2015

E a largada para a preparação ao ENEM 2015 foi dada. Dia 26 de janeiro, a Central de Cursos - atuando há 14 anos em Currais Novos-RN - iniciou suas atividades, com Ciências Humanas (História - professor Veranilson Pereira) e Linguagens (professor Cassildo Souza). Já na estreia, a sala ficou lotada para receber alunos que pretendem ingressar no ensino superior em 2016 e que, para isso, apostam numa preparação mais pontual e específica. Em 2015, via SISU, houve aprovação de dois alunos para Medicina e uma aprovação geral bastante significativa (relação no perfil do Facebook do cursinho (Central Cursos CN) .

A Central de Cursos também atua preparando para a prova do IFRN, desde 2007. Em 2015, as aulas começarão a 26 de fevereiro. 
(Central de Cursos - aula inaugural)


Dia 02 de fevereiro, o J&K Cursos em Acari-RN também iniciou suas atividades, com aulas de Ciências da Natureza (Física) e Matemática. Bom número de alunos compareceu às primeiras aulas do ano, com vistas a preparar-se para o ENEM/2015. Em 2013 e 2015, o cursinho - que iniciou em 2010 - aprovou alunos para o curso de Medicina.
Na mesma data, também foram iniciadas as aulas preparatórias aos Exames do IFRN. 


(J&K Cursos - 03.02.2015 - Linguagens)

Em Currais Novos-RN, eu indico a Central de Cursos para a sua preparação; em Acari-RN, eu aponto o J&K Cursos. Ambos bem-sucedidos em suas finalidades, motivo pelo qual eu sinto-me privilegiado em fazer parte deles, com as áreas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias (Português) / Redação. 

Cassildo Souza.