1 de mai de 2016

PRONOME RELATIVO "CUJO" E SUAS FLEXÕES


USO DO PRONOME RELATIVO CUJO E SUAS FLEXÕES

            CUJO e suas flexões são pronomes relativos e são responsáveis por introduzir orações subordinadas adjetivas, agregando-a à oração principal e formando apenas uma sentença que parte de duas ideias, o que também é particular aos outros pronomes relativos. Diferentemente dos demais relativos, CUJO e suas flexões  concordam com o termo seguinte e, para serem utilizados, devem ter como referência dois substantivos, sendo que um deles indicará posse, tipo, proximidade. Vejamos como formar frases corretas utilizando-se esse elemento:

1.       O governo da nação investe em educação.
2.       A nação se desenvolve rapidamente.

Oração resultante:

A nação / CUJO GOVERNO investe em educação / se desenvolve rapidamente.
 Or. Princ.                       Or. Subord. Adjetiva                                                Oração Principal


O relativo CUJO, neste caso, concorda com o termo seguinte ‘governo’ e indica relação de especificação (da nação é adjunto adnominal de governo).

CUJO e flexões podem ser depreendidos em DO QUAL, DA QUAL, DOS QUAIS, DOS QUAIS.

             
            Professor Cassildo Souza.

Nenhum comentário: