16 de abr de 2010

CANSEI DE TENTAR PROVAR O QUE EU SOU

Estou a me perguntar, faz tempo, o que é certo ou errado no mundo. Na verdade, coisas que antes eram tão bem definidas passaram a assumir posições duvidosas e paradoxais, levando-nos à loucura de não conseguirmos enxergar a verdade, pelo menos a primeiro momento.
Quantas são as pessoas que vivem por aí, tendo que provar todos os dias que não são culpadas por aquilo de que as estão acusando! Eu mesmo, no meu universo particular, fico mesmo indignado com ter que tentar fazer tudo direito e ser declarado como sendo justamente o oposto. Isso me traz "cólera", um sentimento de revolta tão grande que nenhuma palavra conseguiria definir.
Por que razão acusar o outro indevidamente, principalmente quando este é exatamente o contrário daquela acusação? E mais, quando, além disso, o responsável pelo julgamento aponta o que você fez tendo a nítida certeza de que aquilo não é verdade?
Sei que o blog foi criado para discutir coisas da Língua. Mas esses aspectos também nos interessam. É muito traumatizante ter que, a toda hora, responder um óbvio "não" a julgamentos dos quais não se tem prova, para comprovar que se é inocente. Em suma, você, que tenta ser correto é tido o tempo todo, por força das acusações infundadas, como errado.
É mais doloroso isso porque, para quem erra e o faz conscientemente, tanto faz se estão observando ou não. O problema é que as pessoas que tentam seguir uma conduta exemplar são mais suscetíveis a condenações do que aquelas que não têm compromisso nenhum com a verdade, com a correção e com a prudência. Eis aqui um dos indivíduos vítimas dessa crueldade.

Nenhum comentário: