8 de jun de 2014

A CULPA É DE TODOS!


Vivemos num país em onde:
- funcionários públicos enrolam o serviço;
- alunos desrespeitam os professores;
- professores não sabem escrever;
- as pessoas resolvem tudo na violência física;
- confundem-se protestos com vandalismo;
- "o meu partido é sempre o mais correto";
- a corrupção é incentivada desde a escola, com as "colas";
- pessoas vão para as igrejas e, ao saírem, esquecem-se de tudo que elas mesmas pregam como correto;
- vota-se por beleza, amizade ou parentesco;
- médicos dão atestados falsos;
- menores de idade "deitam" e "rolam";
- pessoas não querem estudar, preferindo as "baladas" aos ensinamentos;
- pais não cuidam de seus filhos, entregando-os à própria sorte;
- reunião escolar é considerada uma "besteira";
- Imprensa é tendenciosa;
- um ano normal só inicia depois do carnaval, e um ano atípico só inicia depois da copa.

Depois ainda dizemos que tudo o que ocorre é culpa EXCLUSIVA dos políticos. Eles têm muita culpa, sim, de várias coisas, mas as citadas acima - em sua maioria - dependem exclusivamente do chamado "cidadão comum". Perdoem-me a generalização, mas - infelizmente - a realidade é mais dura do que parece.

2 comentários:

Ricardo disse...

Olá Cassildo, estou muito nervoso pois fiz uma dissertação na manhã de hoje e na primeira frase do texto usei 1ª pessoa. No resto do texto fiz ele todo como uma dissertação mesmo, queria saber se zerarei a redação. Fala que será atribuída nota zero as redações que se inserirem em uma das seguintes situações:
1-fuga total do tema
2- NÃO OBEDIÊNCIA A TIPOLOGIA TEXTUAL
(Essa que me preocupa), pode ser considerada uma desobediência a tipologia textual sendo que só foi a primeira frase? E a estrutura e todo resto estava normal.
Obrigado.
URGENTE.

CASSILDO SOUZA disse...

Caro Ricardo, o fato de usar a primeira pessoa não é recomendável, mas também não acarreta a anulação do texto. Haverá penalizações, mas seu texto não será excluído. Grande abraço, obrigado por acessar.