6 de out de 2008

TEMPOS OPOSTOS (CASSILDO SOUZA)

Você me despiu
Do frio que me cobriu
Do arrepio que me tragou
Me enrolou, aqueceu meu viver
O meu ego se mudou.

Você me partiu
Quando fingiu que não ouviu
O grito que penetrou
Me apunhalou, sem querer
Muitas marcas me acertou.

E o mundo todo viu
O universo inteiro assistiu
Ao tiro que arrasou
Estourou, a estremecer
E, de vez, me transformou.

Nenhum comentário: