14 de jul de 2008

REFUTAÇÃO

Refutar: desmentir, negar, discordar, desqualificar. Enfim, contestar argumentos utilizando-se de idéias opostas àquelas anteriormente discorridas.

EXEMPLO:

Leia o trecho a seguir:

“... cheguei à conclusão de que a sociedade brasileira em seu todo não tem mais solução. É intrinsecamente corrupta e amoral.” Walmor Erwin Belz
(Veja, Seção Cartas, 22-08-2007)

Contestação ou Refutação

Dizer que a sociedade brasileira não tem mais solução é, no mínimo, uma afirmação precipitada e sem fundamento, pois ninguém nasce amoral, muito menos corrupto. Embora o homem seja produto do meio em que convive, a honestidade ou corrupção partem de cada um, de acordo com a consciência individual, e por isso o julgamento deve ser também individual.

Como vimos acima, a refutação carateriza-se por apresentar idéias contrárias a um argumento, com o intuito da negação. Esse tipo de prática acontece muito num júri popular, pois os advogados de acusação e defesa fazem, o tempo todo, o jogo de negar as idéias do outro.

2 comentários:

Andrea. disse...

Bom dia Prof. Cassildo!
sou do Rj, sou formada em letras, mas na habilitação bacharelado Ainda estou terminando a licenciatura. Acabei Descobrindo seu site, fazendo uma pesquisa em l. Portuguesa . Achei muito interessante, de muito valor e me ajudou bastante no que precisavaa: material sobre redação p/ vestibular. vocêestáde parabéns, continue com seu blog, pois é muito agradável e inteligente. Parabéns pelas poesias.
Sobre este tema "Refutação" deixo um comentário: tenho certeza ter acrescentado como informação aos estudante. Um forte abraço!
Andréa.

CASSILDO SOUZA disse...

Obrigado, Andréa. É bom saber que meu blog tem algo de positivo, de conteúdo. E essa ferramenta é poderosa, as pessoas podem comunicar-se de diferentes partes do mundo. Tenho um irmão que mora em Andra dos Reis, e o filho no Rio. Esse espaço é de todos vocês. E uma dica: Sempre se orgulhe do Curso de Letras. Um abraço.
Cassildo.